terça-feira, 13 de novembro de 2018

A tradição do Boi de Reis sendo resgatada em Serra de São Bento pelo grupo folclórico BOI DE REIS IMPERIAL

Serra de São Bento/RN

O grupo folclórico “Boi de Reis Imperial” da cidade de Serra de São Bento, esta restando as danças culturais, o objetivo e projeto do grupo é resgatar o folclore local. 

Hoje o grupo folclórico boi de reis imperial é formando por alunos da rede pública municipal e estadual juntamente com profissionais da cidade, sobre a coordenação do artista cultural Alexandre de São José do Campestre.

O grupo está todos os sábados se apresentando para os turistas que semanalmente visitam Serra de São Bento e participam da feirinha do Bento (artesanatos) na praça do turista.

Além de prestação de serviços o grupo também tem seu lado social como combate a violência intercambiando e socializando a juventude nos resgates de valores cívicos.

De acordo com Alexandre o primeiro momento, o grupo está revitalizando o boi de reis em pesquisa com o mestre Geraldo de Doro ... Ainda vivo mais também nos remetendo aos mestres já falecidos Geraldo Feliciano, e o Sr Zé Zuca.

Fotos: Erinilson Cunha





































Prefeitura municipal realizou a 1ª Copa Rural de Futsal em Serra de São Bento

Serra de São Bento/RN

A Prefeitura Municipal de Serra de São Bento/RN, através da Coordenadoria de Esportes, realizou neste Sábado (10) a a final da 1° Copa Rural de Futsal.

Os jogos aconteceram na quadra esportiva Mario André, no sítio Rajada, área rural do município.
Antes da grande final os times infantis fizeram uma partida preliminar de abertura com os times sub 12 da rajada X sub 12 de Der de António de Bira, como é conhecido.

Os times Leão 13 X Chelse encararam o grande confronto da final. E quem levou a melhor foi a equipe do Leão 13 que ficou em primeiro lugar, já o vice campeão foi o Chelse.

Após os jogos ainda foram eleitos o melhor jogador: Danilo do Chelse e melhor goleiro Ronaldinho também do Chelse. O artilheiro escolhido com maior número de gols na competição foi Meson do Leão 13, que emplacou 12 gols.




 




Fonte: ASCOM - Prefeitura Municipal de Serra de São Bento

Tragédia em Baraúna-PB: Ex-prefeito morre ao tentar salvar o pai nesta segunda-feira (12)

Baraúna/PB

Alysson Azevedo - Vitima 

Adilson Azevedo - Pai

Uma verdadeira tragédia abalou a pequena cidade de Baraúna, Curimataú paraibano, no final da noite desta segunda-feira (12), por volta das 23h30. De acordo com informações, o ex-prefeito Alysson Azevedo (PSB) morreu ao tentar apagar um incêndio na casa do seu pai, o também ex-prefeito, Adilson Azevedo (MDB), e ser atingido com um tiro após o seu pai achar que estaria sendo vítima de um assalto. Alysson não resistiu e morreu instantes depois.

Segundo relatos de populares, Alysson teria tentado arrombar a casa do pai para apagar um princípio de incêndio provocado por uma panela de pressão que Adilson do feijão, como é mais conhecido, colocou no fogo, esqueceu e foi dormir. Na tentativa de arrombar o portão para entrar, Alysson foi atingido por um tiro de arma de fogo disparado pelo próprio pai que achou que se tratava de um assaltante tentando entrar em sua residência. Adilson dormia no momento e teria acordado com o barulho.

O tiro atingiu o lado direito do peito do ex-prefeito, que chegou a ser socorrido para o Hospital Regional de Picuí, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar. A cidade está abalada com o fatídico acidente.

Alysson tinha 38 anos e era casado. Ele governou o município de Baraúna de 2008 a 2012. Filho de família tradicional, herdou do pai o dom da política. Adilson, que também foi prefeito por vários mandatos, é considerado o maior líder político de Baraúna.

Fonte: Blog do Toscano Neto

Técnicos Agrícolas realizam o 3 ° Encontro Estadual em Bananeiras/PB

Bananeiras/PB

Fotos: Erinilson Cunha



No ano em que os técnicos agrícolas celebram 50 anos da promulgação da Lei nº 5.524/1968 que instituiu a categoria profissional, a criação do Conselho Profissional e na Paraíba os 35 anos de fundação da Associação Profissional dos Técnicos Agrícolas da Paraíba (APTA-PB) e os 10 anos de fundação do Sindicato dos Técnicos Agrícolas da Paraíba (SINTAG-PB) realizou-se o III Encontro Estadual no Colégio Agrícola Vidal de Negreiros (CAVN), em Bananeiras-PB.

A mesa de abertura foi composta por José Victor Cordeiro, presidente do SINTAG-PB, Maria de Fátima Morais, presidente da APTA-PB, professor Edvaldo Mesquita Beltrão Filho, diretor do CAVN, professor George Beltrão Rodrigo da Cruz, vice-diretor do Centro de Ciências Humanas, Sociais e Agrárias (CCHSA), Ivanilson Pereira de Araújo, presidente do Sindicato dos Técnicos Agrícolas do Rio Grande do Norte (SINTARN), professor Alcides Almeida Ferreira, docente da Escola Agrotécnica do Cajueiro – Catolé do Rocha/PB e Ariclenes Freitas, presidente da Associação dos Técnicos Agrícolas do Piauí (ATAEPI).

O primeiro painel tratou da “Construção do Conselho dos Técnicos” sendo coordenado por Gustavo José Barbosa, diretor do SINTAG-PB, e com exposições de Ivanilson Pereira de Araújo, presidente do SINTARN e José Claúdio Fidelis Pereira, diretor geral do Sindicato dos Trabalhadores em Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (SINTER-PB).

Homenagem

O SINTAG-PB fez uma homenagem à oito dos sócios fundadores da Entidade que participaram da fundação em 2008: Alcides Almeida Ferreira, Dalfran Gonçalves Vale, Gustavo José Barbosa, Maria de Fátima Morais, Maria de Lourdes Hermínio Oliveira, Neuza dos Anjos, Walter de Oliveira Sobrinho e Semiramis Maria do Nascimento.